RSS

Crescer em contexto de crise

01 Fev

E não é que, em tempos de crise, a Delta Cafés cresce 6% na facturação?!

O que fizeram para obter tal resultado? Apostaram na diferenciação e noutros segmentos de mercado / noutros mercados: «as vendas no segmento de cápsulas valem mais de 90% deste crescimento».

É claro que, tal como revela Rui Miguel Nabeiro, os resultados «vão ficar aquém disto, porque os custos financeiros cresceram bastante, além de o preço das matérias-primas ter subido muito»; como tal, os reflexos nos lucros imediatos poderão / deverão ser em menor escala.

Mas houve redução de salários? Houve despedimentos? Tanto quanto sei, não. Aliás, ainda há poucos dias ouvi, na rádio, Rui Nabeiro, fundador da empresa, afirmar que poderiam fazer o mesmo trabalho com menos pessoas, mas que a estratégia não passaria por aí.

A Delta é um exemplo. Nem todas as empresas – nomeadamente as pequenas – se podem dar a estes luxos, é uma verdade. Mas também é uma verdade que as empresas têm uma responsabilidade para com os trabalhadores, mesmo em tempo de crise. A responsabilidade social, tão apregoada nos últimos anos pelas grandes empresas, passa também por aqui.

Anúncios
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 1 de Fevereiro de 2012 em economia, empresas

 

Etiquetas: , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: